prozac 40mg popliteal celexa 20mg cardiac concurrent clonidine 0.1mg test recovery buy exelon Healthy stories buyneurontinonlinehere.com buying abilify online school lipitor online no rx deoxyribonucleic

Blog do Desemprego Zero

Arquivado em 'RESUMOS DO DIA':

Resumo Diário – 13/08/2008

Postado em 13 dEurope/London agosto dEurope/London 2008

MANCHETES dos principais veículos de notícias do Brasil e do mundo

*Por  Luciana Sergeiro e Katia Alves

Economia

O governo decidiu turbinar os contracheques de parte do funcionalismo que está na linha de frente da burocracia. Servidores que prestam atendimento direto ao cidadão ou atuam em áreas estranguladas terão ganhos salariais significativos ao longo dos próximos anos. Os percentuais variam de 0,6% a 193,8%. Na avaliação do Palácio do Planalto, a agressiva política de recursos humanos se justifica porque ajudará a reduzir o abismo existente entre as chamadas carreiras típicas de Estado e as demais que compõem o Executivo federal.

Correio Braziliense: Aumento de até 193%

No primeiro semestre, o lucro recorde de R$ 15,7 bilhões da Petrobras, foi quase o dobro do registrado pelos dois maiores bancos privados brasileiros, Bradesco e Itaú, juntos ( R$ 8,2 bilhões). No período seu lucro cresceu 44% em relação ao registrado no primeiro semestre de 2007. Este robusto desempenho, porém, não tem sido agregado ao valor de mercado da companhia, ou seja o valor do conjunto de suas ações na Bovespa. No final de dezembro de 2007, o valor de mercado estava em R$ 429,92 bilhões. Em julho deste ano caiu para R$ 355,77, uma perda de 17% no período.

Gazeta Mercantil: Ser blue chip prejudica Petrobras

Os investidores estrangeiros, que vinham dando fortes demonstrações de confiança em relação ao Brasil, decidiram apostar pesado contra o real. Essa mudança de postura começou a se delinear no início deste mês, quando os estrangeiros começaram a inverter suas apostas no mercado de câmbio da Bolsa de Mercadorias e de Futuros (BM&F).

Correio Braziliense: Dólar sobe. Investidor aposta contra o Real

Política

O STF (Supremo Tribunal Federal) concedeu hábeas corpus ao banqueiro Daniel Dantas para que fique calado em depoimento na CPI dos Grampos hoje. O Supremo também mandou soltar Humberto Braz, apontado pela PF como intermediador de Dantas em suposta tentativa de suborno.

Folha de S. Paulo:  STF permite que banqueiro fique calado em CPI

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva transformou ontem a sua participação em um evento da União Nacional dos Estudantes (UNE) em palco para sua primeira e entusiasmada defesa da alteração da Lei do Petróleo. Na presença dos governadores do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), e de São Paulo, José Serra (PSDB), Lula tomou partido no debate sobre as mudanças no setor e convocou os estudantes a assumir essa campanha.

O Estado de S. Paulo: Lula quer mudar Lei do Petróleo e diz que pré-sal não é da Petrobrás

Em votação apertada – em que apenas um voto garantiria o mandato – o deputado Álvaro Lins (PMDB) e ex-chefe da Polícia Civil foi cassado ontem por quebra de decoro, depois de acusado de formação de quadrilha e corrupção passiva, entre outros crimes. Foram 36 votos a favor da cassação, 24 contra e 3 abstenções. Contrariando todas as previsões que davam como quase certa a absolvição do parlamentar, 63 dos 70 deputados da Alerj compareceram à sessão. Sem a imunidade parlamentar, Lins terá pedida nova prisão por procuradores, ainda esta semana.

O Globo: Lins é derrotado na Alerj

Internacional

Os presidentes da França, Nicolas Sarkozy, e da Geórgia, Mikhail Saakashvili, anunciaram na madrugada de hoje em Tbilisi (ontem à noite em Brasília) ter chegado a um acordo para pôr fim ao conflito entre Rússia e Geórgia. O acordo consiste em uma versão modificada de um plano negociado por Sarkozy com o presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, em reunião realizada entre os dois horas antes em Moscou.

O Estado de S. Paulo:  Geórgia aceita proposta de cessar-fogo mediada por Sarkozy

Os Estados Unidos e seus aliados estão estudando, como castigo por causa dos ataques contra a Geórgia, impedir a entrada da Rússia em organismos internacionais como a Organização Mundial do Comércio (OMC) e a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e excluí-la do Grupo dos Oito (G-8 – os sete países mais ricos e a Rússia), disseram ontem fontes americanas.

O Estado de S. Paulo: EUA e aliados estudam punições contra a Rússia

O orçamento americano registrou um déficit de US$ 102,8 bilhões em julho, uma alta de 182% em relação a julho de 2007 (US$ 36,4 bilhões) anunciou ontem o departamento do Tesouro.

Gazeta Mercantil: Orçamento de Bush tem déficit recorde

Desenvolvimento

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou ontem, em cerimônia no Palácio do Planalto, o contrato de concessão com o Consórcio Energia Sustentável do Brasil, liderado pela Suez Energy e Camargo Corrêa, para construção da hidrelétrica de Jirau, no Rio Madeira, com capacidade para gerar 3,3 mil megawatts a um custo de cerca de R$ 9 bilhões.

Gazeta Mercantil: Lula assina contrato de concessão de Jirau

Após meses de discussões, será divulgada hoje em Lausanne, na Suíça, a primeira minuta com critérios e padrões internacionais que deverão ser seguidos para a produção sustentável de biocombustível – aquele que não derruba florestas, nem contribui com as mudanças do clima e a escassez de alimentos no mundo.

Valor Econômico: Biocombustível sustentável já tem a sua “cartilha”

A inflação mundial de alimentos pode empurrar 6,16 milhões de brasileiros para a pobreza, segundo estudo divulgado ontem pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Pelos cálculos da instituição, o porcentual de brasileiros abaixo da linha de pobreza pode passar de 28,3% para 31,5% da população, se os preços dos alimentos continuarem altos. Em toda América Latina, mais de 26 milhões de pessoas podem atingir a pobreza extrema.

O Estado de S. Paulo: BID: pobreza pode ir a 31% no Brasil

Resumo anterior

Polêmicas da semana

Postado em Assuntos, RESUMOS DO DIA | 1 Comentário »

Resumo Diário – 12/08/2008

Postado em 12 dEurope/London agosto dEurope/London 2008

MANCHETES dos principais veículos de notícias do Brasil e do mundo

*Por Katia AlvesLuciana Sergeiro 

Economia

Tomar dinheiro emprestado junto aos bancos está cada vez mais caro. Pesquisa divulgada ontem pela Fundação Procon de São Paulo mostrou que as taxas de juros do crédito pessoal e do cheque especial atingiram o maior patamar dos últimos cinco anos no país, exigindo cada vez mais cautela dos consumidores na hora de se endividarem. Na média, os juros do crédito pessoal atingiram 5,69% ao mês, taxa sem precedentes desde setembro de 2003, quando estavam em 5,73%.

Correio Braziliense:  Juro assustador

O primeiro leilão de energia voltado exclusivamente para os projetos de co-geração de energia a partir da biomassa poderá colocar no sistema um volume extra equivalente a meia usina de Jirau entre 2009 e 2010. O chamado leilão de reserva será realizado na quinta-feira, na Câmara de Comercialização de Energia Elétrica. Ao todo, 44 empresas deram garantias para a geração de cerca de 1.160 MW médios.

Valor Econômico: Leilão de bagaço de cana negociará meia usina de Jirau

Puxando principalmente pela alta do petróleo, o lucro da Petrobrás bateu recorde no primeiro semestre de 2008 e atingiu R$ 15,708 bilhões. A expansão foi de 44% em relação ao mesmo período do ano passado. Também houve alta no segundo trimestre do ano – 29% em relação a abril a junho de 2007, com o melhor resultado da história para o período.

Folha de S. Paulo: Alta do petróleo turbina lucro da Petrobras

Política

A Controladoria-Geral da União (CGU) abriu processo administrativo para investigar a atuação do grupo Conservo, que mantém em Brasília contratos milionários com órgãos públicos para fornecer mão-de-obra terceirizada. No final da apuração, a CGU pode declarar a empresa inidônea, impedindo que participe de novas licitações por dois anos, além de ser banida de pelos menos 14 ministérios, Congresso Nacional, tribunais e empresas estatais, onde mantém contratos em vigor.

Correio Braziliense: Conservo corre risco de sair da Esplanada

Enquadrado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante reunião da Coordenação Política, ontem, o ministro da Justiça, Tarso Genro, recuou de sua posição sobre a revisão da Lei da Anistia, assinada em 1979, ao afirmar que qualquer discussão sobre mudanças na legislação permitindo o processo criminal de torturadores do período da ditadura militar só poderá ser debatida pelo Judiciário.

Jornal do Brasil: Lula enquadra ministro da Justiça

Em audiência pública na Assembléia Legislativa, o governador Sérgio Cabral defendeu ontem a concessão do Aeroporto Internacional Tom Jobim para a iniciativa privada. “Vamos largar esse osso!”, disse o governador, referindo-se à Infraero, que administra os aeroportos no país. Cabral criticou reformas que não chegam ao fim: “Gambiarra não resolve.” Segundo Cabral, o presidente Lula já estaria sensibilizado para a proposta de concessão, sobretudo diante da necessidade de preparar o Galeão para a candidatura do Rio às Olimpíadas de 2016. O aeroporto foi apontado pelo COI como o ponto mais fraco da cidade, com nota 3,7.

O Globo: “Vamos largar esse osso!”

Internacional

A Rússia lançou ontem pela primeira vez uma ampla ofensiva terrestre dentro do território da Geórgia – até então, as operações se restringiam às províncias separatistas da Ossétia do Sul e da Abkházia. Ignorando os pedidos de cessar-fogo feitos pelo Ocidente, tropas de Moscou entraram em duas frentes: a oeste, através da Abkházia, onde ocuparam duas cidades, Zugdidi e Senaki, e o porto de Poti. Outra estratégica cidade atacada foi Gori, próxima da fronteira com a Ossétia do Sul.

O Estado de S. Paulo: Russos avançam por terra; Geórgia recua tropas para defender capital

O presidente boliviano, Evo Morales, ameaçou ontem buscar novas operadoras para os megacampos de gás natural da Bolívia se as petrolíferas estrangeiras responsáveis por sua exploração não investirem mais recursos no país. “Há empresas que não investem (nos megacampos) e o governo boliviano tem a obrigação de buscar outros recursos”, declarou o presidente, numa entrevista coletiva em La Paz.

O Estado de S. Paulo: Evo exige mais investimentos de petrolíferas

Mesmo vitorioso no resultado do referendo de domingo, que consolidou seu mandato, o presidente boliviano Evo Morales terá que negociar com a oposição separatista, que também saiu fortalecida do plebiscito, consideravam os analistas ontem em La Paz.  Os resultados da apuração de quase 58% das urnas apuradas do referendo revogatório de domingo na Bolívia, um país de dez milhões de habitantes, confirmaram Morales no poder com 63% de apoio dos eleitores, de acordo com dados divulgados pela Agencia Bolivariana de Informação (ABI).

Gazeta Mercantil: Resultado de referendo confirma Morales no poder

Desenvolvimento

As obras da hidrelétrica de Santo Antônio -a primeira do complexo do rio Madeira, em Rondônia- começam antes do final do mês, segundo estimativa feita ontem a partir da emissão da licença de instalação pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Folha de S. Paulo: Governo libera início de obra da 1ª usina do rio Madeira

A Mercedes-Benz do Brasil anunciou ontem ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva investimentos de R$ 1,5 bilhão no triênio de 2009 a 2011, para modernização e aumento da produção de ônibus, caminhões e componentes na unidade de São Bernardo do Campo, cidade da região do ABC paulista.

Gazeta Mercantil: Mercedes-Benz investe R$ 1,5 bilhão 

Resumo Anterior

Polêmicas da Semana

Postado em Conjuntura, RESUMOS DO DIA | Sem Comentários »

Resumo diário – 08/08/2008

Postado em 8 dEurope/London agosto dEurope/London 2008

MANCHETES dos principais veículos de notícias do Brasil e do mundo

*Por Kátia AlvesLuciana Sergeiro 

Política 

A senadora Marina Silva posiciona bruscamente as duas mãos em paralelo, como se quisesse enquadrar um pedaço do ar à sua frente, no gesto clássico dos professores que querem atrair a atenção sobre o que vão dizer: “Quando o Brasil vende cada quilo de grão, precisa pôr na cabeça que está indo aí uma quantidade enorme de água”, começa. “Compram da gente porque temos um insumo chamado água que não é computado no custo do produto, e se esse grão ou esse frango fossem produzidos em Israel ou na Europa, teriam um custo enorme”, prossegue. Sobe o tom: “Somos exportadores de água. E vamos destruir nossas florestas, nossas matas ciliares? É irracional”.  

Valor Econômico: “Somos exportadores de água”, diz Marina

Depois do fracasso da reunião ministerial de Genebra da Rodada Doha, no fim de julho, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu ir a campo na tentativa de destravar as negociações. A rodada foi um dos principais temas da reunião de Lula com o presidente da China, Hu Jintao, na manhã de ontem , em Pequim .

Valor Econômico: Lula discute retomada de Doha com presidente chinês

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de liberar candidaturas de políticos com ficha suja dividiu o Congresso. Para alguns, como o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), a decisão reduz as possibilidades de o Legislativo aprovar uma lei mudando as regras atuais. Para o senador Demóstenes Torres (DEM-GO), autor de projeto já aprovado na Comissão de Constituição e Justiça do Senado com veto a candidatos condenados em primeira instância, o Supremo indicou exatamente o contrário: que cabe ao Congresso fazer nova lei.

O Globo: Decisão sobre ‘fichas-sujas’ divide o Congresso

Economia 

Ainda sob os efeitos favoráveis da forte alta global nos preços das commodities agrícolas, as exportações do agronegócio nacional cresceram 30% até julho deste ano na comparação com os primeiros sete meses de 2007. As vendas somaram US$ 41,7 bilhões no período ante US$ 32,03 bilhões do ano passado, informou ontem a Secretaria de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura.  

Valor Econômico: Alta de commodities alavanca exportações 

Os preços do petróleo recuperam mais de US$ 1 ontem em Nova York devido ao fechamento – por 15 dias – de um oleoduto explorado pelo grupo britânico British Petroleum (BP) no mar Cáspio, em conseqüência de uma explosão. 

Gazeta Mercantil: Barril sobe após explosão de oleoduto 

O Banco Central vê com cautela as projeções que apontam para uma trajetória de queda da inflação no país, apesar de prever para os próximos seis meses a redução gradual das vendas no varejo e na atividade industrial -reflexo da política de alta na taxa de juros e da desaceleração econômica global

Folha Online: É “prematuro” ver tendência de queda na inflação, diz BC 

Internacional

O presidente Bush, a caminho de Pequim, disse que exigirá dos chineses respeito aos direitos humanos. Horas antes, no Texas, o mexicano José Medellín Riojas fora executado, em clara violação à Convenção de Genebra sobre assistência consular a prisioneiros estrangeiros. Não só a Medellín, como a outros mexicanos prisioneiros no Texas, foi negada a assistência dos representantes consulares, que deveria ter sido autorizada a partir do momento da detenção. O México recorreu ao Tribunal Internacional, pedindo que a execução dos condenados à morte fosse suspensa, de acordo com as regras constitucionais americanas e as decisões da Convenção Consular de Genebra, admitidas oficialmente pelos Estados Unidos.

JB Online: Bush, os chineses, e os direitos humanos

A três dias do referendo, presidente boliviano critica protestos que o impediram de visitar 5 cidades e pede democracia. O presidente Evo Morales pediu ontem a defesa da democracia na Bolívia, às vésperas do referendo que definirá se ele permanecerá no cargo, e qualificou os protestos de grupos opositores – que impediram o presidente de visitar cinco cidades nas últimas 48 horas e, na terça-feira, deixaram dois mortos – como uma “ditadura civil”.

O Estado de S. Paulo: Oposição impõe ditadura civil, diz Evo

Desenvolvimento

Impulsionado por obras da PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e por operações de grande porte, o BNDES desembolsou quantia recorde no primeiro semestre. O banco emprestou R$ 38,6 bilhões, aumento de 56,2% em relação aos primeiros seis meses de 2007. A maior operação no período foi a de reestruturação da Telemar Participações, controladora da Oi, no total de R$ 2,569 bilhões.

Folha Online: Obras do PAC e Oi turbinam desembolsos

Com investimentos de R$ 2,2 bilhões, a Hidrelétrica Foz de Chapecó, no rio Uruguai, entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul, será erguida em tempo recorde: em 3,5 anos, 2,5 anos menos que o tempo considerado normal para esse tipo de empreendimento. A promessa é do consórcio responsável pela obra, que tem como sócios principais a Camargo Corrêa, Furnas e CPFL Energia. Os investidores prometem ligar as primeiras turbinas da usina de 855 MW, o suficiente para atender a 5 milhões de casas, em agosto de 2010. Enquanto isso, mais de 3,6 mil trabalhadores ocupam o canteiro de obras, transformado em uma verdadeira cidade, com cinema, acesso à internet e sala de jogos e de televisão.

Gazeta Mercantil: Hidrelétrica de R$ 2,2 bi erguida em tempo recorde

Balanço das ações de fiscalização realizadas pelos auditores do Ministério do Trabalho, no primeiro semestre, mostra que 303.381 trabalhadores tiveram seus empregos registrados em carteira. Foram fiscalizadas 139.867 empresas e 24.998 delas foram multadas. O setor que mais registrou empregados “informais” por força dessas fiscalizações foi a indústria, com 22,7% dos 303 mil. Em seguida aparecem comércio (18,69%), agricultura (16,31%), construção civil (14,6%) e serviços (12,91%). 

Valor Econômico: Fiscalização garante mais 300 mil empregos formais

Postado em RESUMOS DO DIA | Sem Comentários »

Resumo Diário – 06/08/2008

Postado em 6 dEurope/London agosto dEurope/London 2008

MANCHETES dos principais veículos de notícias do Brasil e do mundo

*Por Katia Alves e Luciana Sergeiro

Economia

Pela primeira vez na história recente, a classe média passou a ser maioria na população brasileira. Esse estrato social, que tem renda domiciliar média entre R$ 1.064 e R$ 4.591, subiu de 44,19% da população em 2002 para 51,89% em abril deste ano, segundo revela o estudo “A nova classe média”, divulgado ontem pelo Centro de Políticas Sociais (CPS) da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

 Correio Braziliense: País da classe média

O perfil socioeconômico do Brasil está mudando, e para melhor, segundo dois estudos divulgados ontem. O crescimento econômico, os programas sociais do governo e o aumento da oferta de empregos formais retiraram 3 milhões de pessoas da faixa da pobreza nos últimos 5 anos. Os brasileiros com renda mensal abaixo de meio salário mínimo passaram de 14,35 milhões de pessoas em 2002 para 11,35 milhões em 2008, anunciou Marcio Pochmman, presidente do Instituto de Pesquisa Aplicada (Ipea).

Gazeta Mercantil: Crescimento econômico reduz pobreza no País

Com a expectativa de um ciclo mais forte de alta de juros, começa a se consolidar a aposta de bancos e consultorias num crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) entre 3% e 3,5% no ano que vem, uma queda considerável em relação aos quase 5% esperados para este ano. A política monetária rigorosa deve provocar uma desaceleração mais intensa do crédito em 2009, um processo ainda incipiente, e afetar o mercado de trabalho, fazendo o emprego e a renda crescerem a um ritmo mais fraco.

Valor Econômico: Juro mais alto fortalece aposta em PIB de 3% a 3,5% no ano que vem

Política

 ”Vamos beber vinho”. Com esse código, empresários negociaram um esquema de fraudes em licitações milionárias no Senado que contou com informações privilegiadas repassadas por funcionários da Casa. Gravações telefônicas feitas pela Polícia Federal com autorização da Justiça revelam como a Conservo, a Ipanema e a Brasília Informática tramaram juntas as jogadas para excluir concorrentes e vencer as licitações para fornecer mão-de-obra terceirizada.

Correio Braziliense:  O caminho da fraude no Senado

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Ayres Britto, afirmou ontem que a Corte analisará os resultados eleitorais do Rio para detectar concentrações de votos de candidatos em determinadas áreas.

Jornal do Brasil: Ministro diz que estudará com cuidado existência de currais do tráfico

Ao converter em lei a medida provisória que ampliou de 500 para 1.500 hectares o limite das áreas na Amazônia Legal que podem ser vendidas a seus ocupantes sem licitação, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva vetou um artigo que condicionava a regularização das propriedades ao zoneamento ecológico-econômico dos Estados, com regras para a ocupação do território. O Ministério do Meio Ambiente disse ter sido pego de surpresa.

Folha de S. Paulo: Lula veta artigo com regra para ocupação na Amazônia

Internacional

A Rússia planeja criar uma companhia estatal para controlar a exportação de metade dos cereais do país, gerando temores de que passe a usar também os alimentos como arma diplomática. Moscou já utilizou seu gás natural para pressionar parceiros, através de sua gigante Gazprom, que controla 25% do suprimento de gás na Europa. 

Valor Econômico: Criação de uma estatal de alimentos ameaça a adesão da Rússia à OMC

O presidente Evo Morales salvará facilmente o seu mandato no referendo revogatório de domingo, revela pesquisa coordenada pelo Ibope que o Estado teve acesso. O “sim” a Evo no poder deverá alcançar 56%, contra apenas 35% que prometem votar pelo “não”. Para que Evo perca a presidência, é preciso que pelo menos 53,7% dos votos (votação que o elegeu em dezembro de 2005) mais 1 sejam pelo “não”. A pesquisa apurou, no entanto, que a aprovação do governo Evo no momento é menor – 52%.

O Estado de S. Paulo: Evo sairá vencedor, prevê Ibope

Dois mineiros morreram ontem em choques com a polícia boliviana perto da cidade de Oruro, enquanto em Tarija, no sul do país, violentos protestos levaram ao cancelamento de um encontro entre o presidente da Bolívia, Evo Morales, a argentina Cristina Kirchner e o venezuelano Hugo Chávez. Os confrontos aumentaram a tensão no país, a apenas cinco dias de um referendo revogatório em que devem ser colocados à prova os cargos de Evo e dos governadores de oito dos nove departamentos (Estados) bolivianos – sete deles opositores.

O Estado de S. Paulo:  Conflito deixa 2 mortos na Bolívia

Desenvolvimento

Preocupada com a possibilidade de falta de energia na virada do ano, a Petrobrás preparou um plano B para ofertar gás natural liqüefeito (GNL) na região Sudeste já em dezembro. A previsão inicial era de que a segunda unidade de regaseificação do GNL, a ser instalada na Baía de Guanabara, só seria disponibilizada ao mercado a partir de março de 2009, quando o navio Golar Winter será instalado no píer que está sendo construído no local. A área de energia da Petrobrás terá R$ 15 bilhões nos próximos cinco anos.

O Estado de S. Paulo: Estatal antecipa plano para GNL

Entre 2002 e o fim deste ano, três milhões de brasileiros terão deixado a pobreza nas seis maiores regiões metropolitanas do país. Só em 2008, serão 500 mil pessoas com melhores condições de vida. A conclusão é de um estudo divulgado ontem pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). De acordo com os dados, o percentual de pobres nos grandes centros urbanos cairá de 32,9% para 24,1% em seis anos. As pessoas consideradas pobres em 2002 – com renda familiar per capita de R$103,75 a R$207,50 a preços correntes – eram 14,352 milhões. Em dezembro, serão 11,356 milhões.

O Globo: Ipea: três milhões de pessoas terão deixado a pobreza entre 2002 e 2008

Resumo anterior

Polêmicas da Semana

Postado em Assuntos, Conjuntura, RESUMOS DO DIA | Sem Comentários »

Resumo Diário – 05/08/2008

Postado em 5 dEurope/London agosto dEurope/London 2008

MANCHETES dos principais veículos de notícias do Brasil e do mundo

*Por Katia Alves e Luciana Sergeiro

Economia

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou ontem que o governo poderá olhar com mais atenção para o superávit nominal como meta, em vez de se basear no superávit primário. Para o ministro, caso a pressão de alta da inflação não diminua, pode ocorrer uma elevação da meta do superávit primário para além dos atuais 4,3% do Produto Interno Bruto (PIB). O presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, disse que as ações para conter a inflação começam a surtir efeito. “Temos tomado uma série de medidas visando que a inflação convirja para as metas. Existe um processo de defasagem, um início de um efeito que já começa a acontecer e vai dando resultado”.

Gazeta Mercantil: País deve buscar o superávit nominal, diz Guido Mantega.

A Bolsa de Valores de São Paulo começou a semana sob forte impacto da depreciação das commodities no mercado internacional. O resultado foi uma queda de 3,51%, o que arrastou a Bovespa para os 55.609 pontos, seu mais baixo nível desde janeiro. Nos dois primeiros pregões de agosto, o tombo acumulado alcança os 6,55%. No ano, as perdas estão em 12,96%.

Folha de S. Paulo: Bolsa cai a menor patamar desde janeiro

Ainda é cedo para comemorar a queda das projeções de mercado para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Essa é a avaliação do presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, feita ontem durante seminário sobre metas de inflação promovido pela instituição. Ele diz ser preciso esperar alguns meses para averiguar o efeito do aumento da taxa básica de juros (Selic) e verificar se será mantida a atual queda de preços das commodities.

O Estado de S. Paulo: ‘É cedo para comemorar a queda do IPCA’

Política

Márcio Lacerda, candidato do PSB a prefeito de Belo Horizonte com apoio de Aécio Neves e do PT, é o mais rico entre os concorrentes das capitais, com patrimônio de R$55 milhões: R$14 milhões a mais que o declarado por Maluf (PP).

O Globo: Candidato de Aécio é o mais rico nas capitais

O STF concedeu liminar garantindo a 17 operadoras de telefonia fixa e móvel o direito de preservar os nomes de seus clientes que foram alvo de escutas telefônicas no ano passado e que estão em segredo de Justiça. No mês passado, a CPI dos Grampos na Câmara havia aprovado requerimento ordenando às operadoras o envio das cópias de decisões judiciais de interceptações em 2007.

Folha de S. Paulo: Teles obtêm liminar no STF para não enviar escutas a CPI

O ministro da Justiça, Tarso Genro, disse ontem ter “orgulho” de sua ficha pregressa ao rebater a iniciativa de militares da reserva, com apoio de comandantes da ativa, de organizar uma contra-ofensiva à sua proposta de debater meios de punição a “agentes de Estado” que tenham praticado tortura, assassinatos e violações dos direitos humanos durante o regime militar. “A minha (ficha) me orgulha”.

O Estado de S. Paulo: Em reação a militares, Tarso afirma ter orgulho de sua ficha

Articulador da criação de mais 97 cargos comissionados no Senado, Efraim Morais (DEM-PB) mantém em seus gabinetes na Casa pelo menos sete familiares, além de seis parentes de seus aliados políticos. Em 2005, ao se tornar primeiro-secretário (posto responsável pela contratação de obras e serviços), Efraim ampliou seu poder de nomeação: na Primeira Secretaria, ele detém no mínimo 14 cargos.

Folha de S. Paulo: Senador do DEM emprega 7 parentes em seus gabinetes

Internacional

Com a experiência de quem já é um dos maiores produtores mundiais de óleo de palma, a Colômbia está começando a ingressar no circuito de produção de biodiesel. A matéria-prima principal é a mesma dos óleos comestíveis: a palma, também chamada de dendê. O país tem 357 mil hectares já cultivados e planeja chegar a 500 mil hectares até 2010.

Valor Econômico: Colômbia quer usar biodiesel de palma como alternativa à coca

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva transformou sua palestra ontem para empresários brasileiros e argentinos num entusiasmado comício a favor do Mercosul e da América do Sul, a ponto de acenar com uma futura moeda comum.
Após lembrar que Brasil e Argentina estão prestes a adotar suas respectivas moedas, no lugar do dólar, para parte das transações comerciais, Lula disse que o esquema “pode ser o germe de uma futura integração monetária”.

Folha de S. Paulo: Na Argentina, Lula fala de moeda comum no Mercosul

Depois de desembarcar em Buenos Aires com a maior missão empresarial que o Brasil já levou à Argentina, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi surpreendido com um encontro trilateral com a presidente Cristina Kirchner e Hugo Chávez (Venezuela). A chegada de Chávez só deveria ocorrer hoje, quando ele e Cristina irão à Bolívia prestar solidariedade ao colega Evo Morales, afundado numa crise política interna. Lula queria discutir a redução da alíquota do trigo argentino e investimentos do BNDES.

O Globo: Tango a três

Desenvolvimento

Em tempos de inflação de alimentos, preços agrícolas sustentados e elevação dos custos de produção agrícola, a demanda por crédito rural está em alta. Os empréstimos para o segmento empresarial do setor rural cresceram 41% na safra 2007/08, concluída em julho passado. Entre as razões para o “boom” de crédito estão a taxa de juros negativa e a nova fase de investimentos em máquinas e implementos agrícolas. 

Valor Econômico: Financiamento para a agricultura empresarial subiu 41% em 2007/08

O medo que paira sobre a possível suspensão da encomenda de quatro petroleiros da Transpetro, subsidiária de logística da Petrobras, ao estaleiro Mauá fez com que o governador Sérgio Cabral se reunisse ontem com a direção do Sindicato dos Metalúrgicos de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí. Cabral garantiu que o contrato para a liberação dos US$ 280 milhões para a construção dos navios será assinado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) com o estaleiro Mauá ainda esta semana. Há expectativa que outros quatro petroleiros sejam construídos na cidade, um investimento total de US$ 450 milhões.

Jornal do Brasil: Cabral anuncia que BNDES vai liberar US$ 280 milhões para petroleiros

Postado em Assuntos, RESUMOS DO DIA | Sem Comentários »

Resumo Diário – 04/08/2008

Postado em 4 dEurope/London agosto dEurope/London 2008

MANCHETES dos principais veículos de notícias do Brasil e do mundo

*Por Katia Alves e Luciana Sergeiro

Economia

A disputa pelo controle de sete municípios fluminenses da Bacia de Campos, beneficiados pelos royalties do petróleo, leva a campanhas milionárias. Os candidatos a prefeito dessas cidades, onde vivem 570 mil eleitores, estimam um gasto total de R$42 milhões – R$2 milhões a mais do que a previsão no município do Rio, com 6 milhões de eleitores.

O Globo: Royalties turbinam campanhas

O Brasil pode estar fadado a limitar seu crescimento econômico no longo prazo a até 4%, por causa da dicotomia entre as políticas fiscal e monetária. Enquanto os gastos públicos com aumentos salariais para o funcionalismo, reajustes reais para o salário mínimo e para o Bolsa Família injetam na economia combustível que mantém a demanda aquecida, o Banco Central eleva a taxa de juros para esfriar essa mesma demanda. O custo pode ser traduzido em arrefecimento da atividade em proporções maiores do que poderia ser se houvesse mais contribuição do governo em relação a corte de gastos.

Gazeta Mercantil: Ajuste fiscal de má qualidade pode limitar crescimento a 4%

Planejamento conclui, depois de oito meses, o mapa indicando onde estão os trabalhadores terceirizados que serão trocados por pessoal concursado até 2010. Em 2008, 10,2 mil vagas devem ser autorizadas

Correio Braziliense: A distribuição dos irregulares

A nova secretária da Receita Federal, Lina Maria Vieira, 57, diz em sua primeira entrevista no cargo que considera necessário aumentar o número de alíquotas do Imposto de Renda das pessoas físicas. Hoje existem duas: 15% e 27,5%. O aumento do número de alíquotas sempre foi defendido pelo PT, mas encontrava resistência de Jorge Rachid, demitido na quinta-feira.

Folha de S. Paulo: Nova secretária da receita quer maior número de alíquotas no IR

Política

Um dos principais programas sociais do governo Lula, com alto potencial de capitalização por parte dos prefeitos no interior do país, o Luz para Todos teve calendário de inauguração de obras direcionado a municípios administrados pelo PT desde 2004, quando foi criado pela então ministra de Minas e Energia e hoje chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff.

Folha de S. Paulo: Luz para Todos é direcionado a cidades do PT e de aliados

O ex-governador Geraldo Alckmin admitiu ontem que até agora, a 62 dias da eleição, não concluiu o programa de governo. “Faremos isso até o próximo dia 19.” Mas o candidato oficial tucano antecipou pontos do programa de segurança: “Embora o policiamento da cidade seja atribuição do Estado, atuaremos em conjunto, implantando câmeras de vídeo nos cruzamentos, para evitar assaltos; fecharemos ferros-velhos e desmanches, para desestimular roubo de carro; e contrataremos guardas civis metropolitanos”.

Folha de S. Paulo: Alckmin diz que suas propostas saem até dia 19

Os militares decidiram dar o troco ao ministro da Justiça, Tarso Genro, por causa da audiência pública convocada por ele na semana passada para debater a punição de “agentes do Estado” que tenham praticado tortura, assassinatos e violações dos direitos humanos durante o regime militar. Revoltados com o que consideram “conduta revanchista” do ministro, oficiais da reserva, com o apoio de comandantes da ativa, patrocinarão uma espécie de anti-seminário no Clube Militar do Rio de Janeiro, na próxima quinta.

O Estado de S. Paulo: Militares reagem a Tarso e criticam “passado terrorista” do governo Lula

Internacional

Principais parceiros do Mercosul, Brasil e Argentina tentam recuperar sua relação depois do desgaste provocado pelas divergências em torno das fracassadas negociações da Rodada de Doha da Organização Mundial do Comércio (OMC). O presidente Luiz Inácio Lula da Silva desembarcou ontem em Buenos Aires e recebeu, na embaixada brasileira, a presidente Cristina Kirchner e seu marido, o ex-presidente Néstor Kirchner, para um jantar.

Correio Braziliense: Reatando os laços

Nas seis recessões dos Estados Unidos desde 1970, a produtividade do trabalhador, ou a produção por hora, cresceu meros 0,8%, em média. Mas, desde o fim do ano passado, mesmo com a fraqueza econômica, estima-se que a produtividade tenha crescido uma média anualizada de 2,5%.

Valor Econômico: Produtividade torna-se uma ‘faca de dois gumes’ nos EUA

O cenário de instabilidade política continuará na Bolívia qualquer que seja o resultado do referendo a ser realizado pelo governo no próximo domingo, analisa o ex-presidente boliviano Carlos Mesa. A consulta popular para confirmar o mandato do presidente, Evo Morales, de seu vice e de governadores não resolverá a questão de fundo da crise social do país: o debate sobre a Constituição e a reeleição do presidente, no qual governo e oposição não conseguem um entendimento. A crise institucional já surte efeitos na economia e os investidores, sem saber quem comandará o país no próximo mês, evitam aplicar recursos na Bolívia.

Valor Econômico:Constituição ainda é o maior fator da crise na Bolívia, diz ex-presidente

Desenvolvimento

O Banco do Brasil liberou sexta-feira R$ 1,433 bilhão em suas agências para serem aplicados este mês em operações de custeio no campo. O orçamento total da instituição voltado para esta modalidade no novo ciclo agrícola é de R$ 11,1 bilhões. Contrariando as afirmações da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o diretor de Agronegócio do BB, José Carlos Vaz, disse que a instituição emprestou em julho R$ 1,29 bilhão para custeio. Isso representa mais que o triplo dos R$ 380 milhões apurados em igual mês de 2007, disse em entrevista à Gazeta Mercantil.

Gazeta Mercantil: BB libera R$ 1,4 bi para custeio da safra

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, sexta-feira, que o Brasil irá “cumprir com suas obrigações” na área ambiental e criticou os países que não assumem a responsabilidade pela despoluição do planeta.

“Nem todo mundo cumpre com seu dever. O Protocolo de Kyoto está assinado há muito tempo e muitos países, que muitas vezes tentam dar lição, sequer assinaram o protocolo”, disse Lula ao discursar na cerimônia de assinatura, no Rio de Janeiro, do decreto que cria o Fundo Amazônia; do documento que revisa o Protocolo Verde; e do encaminhamento ao Congresso Nacional do projeto de lei sobre o Fundo Nacional sobre Mudança do Clima.

Gazeta Mercantil:Lula assina decreto do Fundo Amazônia

Postado em Assuntos, RESUMOS DO DIA | Sem Comentários »

Resumo Diário – 01/08/2008

Postado em 1 dEurope/London agosto dEurope/London 2008

MANCHETES dos principais veículos de notícias do Brasil e do mundo

*Por Kátia AlvesLuciana Sergeiro

Política 

O número de mortes nas estradas federais no mês de julho, período de férias escolares, teve queda de 14,7% em relação ao mesmo período em 2007. Segundo nota da PRF (Polícia Rodoviária Federal), é a primeira vez em quatro anos que isso acontece. A responsável pela redução, afirma a PRF, foi a Lei Seca, que fez as punições se tornarem mais rigorosas para as pessoas que dirigem após ingerir bebidas alcoólicas. 

Uol Notícias: Lei Seca ajudou a diminuir mortes nas estradas durante as férias, constata PRF 

O presidente do TSE, ministro Carlos Ayres Britto, fez ontem à noite pronunciamento em rede nacional de rádio e TV se referindo a candidatos “ficha-suja”, ao pedir que eleitores se informem sobre o candidato “mais democrático” e com “vida moralmente limpa”. 

Folha Online: Ayres Britto pede a eleitor que pesquise seu candidato 

Em pleno recesso parlamentar os nove vereadores da Cidade Ocidental, a 48 quilômetros de Brasília, foram convocados para uma sessão extraordinária na última terça-feira. Na pauta, não estavam projetos do interesse dos servidores e tampouco do município. Pelo contrário, o chamado da Mesa Diretora tinha um objetivo claro e previamente articulado: aprovar um projeto de lei que reajustava os salários do prefeito, do vice, dos secretários municipais e do presidente da Câmara. Apesar do placar apertado de cinco a quatro, o município de pouco mais de 45 mil habitantes terá de arcar com o reajuste salarial da cúpula do Executivo, que levará dos cofres públicos mais de R$ 913 mil por ano. 

Correio Braziliense: Câmara dá reajuste ao Executivo 

Economia 

Pelo terceiro mês consecutivo, o preço da cesta básica registrou aumento em 14 das 16 capitais pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Conforme levantamento de julho, divulgado hoje, no acumulado dos primeiros sete meses do ano, a maioria das capitais registra inflação de mais de dois dígitos para a cesta. 

Uol Economia: Cesta básica encarece de novo em 14 das 16 capitais em julho 

A ata do Copom divulgada ontem foi avaliada como mais conservadora do que a anterior, com uma elevação de tom classificada como “coerente” com o aumento do ritmo de alta da Selic na reunião da última semana, de 0,5 ponto porcentual para 0,75 ponto, elevando a taxa a 13% ao ano. A avaliação foi feita para o Estado por especialistas em Nova York. O documento afirma que a ação “tempestiva” do BC vai trazer a inflação de volta para a meta, de 4,5%, no último trimestre de 2009. 

O Estado de S. Paulo: ‘IPCA volta ao centro da meta só em 2009′

A atividade industrial brasileira encerrou o primeiro semestre com crescimento forte, mas mais moderado que no segundo semestre de 2007, quando a produção registrou incremento de 7,1%, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para os primeiros seis meses deste ano, economistas estimam aumento entre 5,6% e 6,7% em comparação com o mesmo intervalo do ano passado. Mesmo a previsão mais otimista indica uma ligeira redução no ritmo de expansão da produção industrial. O IBGE divulga levantamento nesta sexta-feira.  

Valor Econômico: Analistas esperam crescimento de até 6,7% na indústria no primeiro semestre 

Internacional

Após o fracasso do acordo na OMC, o Brasil se prepara para endurecer a guerra comercial com a China. Cresce a pressão de empresas brasileiras para o governo impor barreiras a produtos chineses.

O Globo: A briga agora é com a China

A crescente dependência energética da União Européia, em relação a fornecimentos de fora da área, e a preocupação com as mudanças climáticas, resultante da agressão ambiental, provocadas pelas emissões de gases e material particulado, demandam resposta, que o presidente da Comunidade Européia, Durão Barroso, batizou de “nova revolução industrial”, ao apresentar a planificação energética para a Europa dos 27.

JB Online: Energia e meio ambiente

Leia o resto do artigo »

Postado em RESUMOS DO DIA | Sem Comentários »

Resumo diário – 31/07/2008

Postado em 31 dEurope/London julho dEurope/London 2008

MANCHETES dos principais veículos de notícias do Brasil e do mundo

*Por Kátia AlvesLuciana Sergeiro

Política

Depois de cinco anos e meio no governo, Gilberto Gil abandona o Ministério da Cultura para se dedicar à carreira. Juca Ferreira vai comandar a pasta.

Correio Braziliense: Gil deixa pasta e partido para “refazer” carreira 

O ministro Celso Amorim (Relações Exteriores) disse que o Brasil não poderia “ficar totalmente refém” da posição da Argentina na Rodada de Doha de liberalização comercial. Anteontem, após nove dias de debates, os envolvidos reconheceram o fracasso das negociações. 

Folha de S. Paulo:“Não houve afastamento” 

Economia 

Puxado por uma desaceleração no valor dos alimentos, o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) reduziu em julho, mas no acumulado do ano a inflação que reajusta os aluguéis atingiu o patamar mais elevado dos últimos quatros anos. De junho para julho o índice passou de 1,98% para 1,76%. No acumulado do ano chegou a 8,71% e nos últimos 12 meses a 15,12%. 

Correio Braziliense: Índice que reajusta aluguéis sobe 15,12%

Sem acordo na Rodada Doha, o chanceler Celso Amorim adverte que a principal conseqüência negativa para o Brasil é o aumento dos subsídios agrícolas americanos nos próximos anos, já que ficarão sem novas regras. O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Pascal Lamy, alerta que o Brasil será um dos países que sairão perdendo com o fracasso da OMC. Em declaração ao Estado, o francês reconheceu que o colapso do processo será sentido por todos os países emergentes. “O Brasil também perde muito com o fracasso.”

O Estado de S. Paulo: AMORIM TEME MAIS SUBSÍDIO NOS EUA

Além do bom desempenho econômico, a substituição tributária ampliada por vários Estados este ano começa a fazer diferença na arrecadação. São Paulo e Rio Grande do Sul, que tiveram crescimento acima de 20% em termos nominais no recolhimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), creditam ao pagamento antecipado do imposto parte da elevação. O mesmo ocorre no Paraná, que teve receita de ICMS 15,3% maior no mesmo período. 

Valor Econômico: SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ELEVA RECEITA DOS ESTADOS

Internacional 

Um dia depois do fracasso da Rodada Doha de negociação para liberalização do comércio mundial, buscam-se culpados pela falta de um acordo. Enquanto o presidente Lula responsabilizou a Índia e EUA, representantes de outros países trocaram farpas. 

JB Online: Países buscam culpado pelo fracasso 

Pressionado por um escândalo de corrupção, o primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, anunciou ontem que não concorrerá às eleições primárias de seu Partido Kadima, que serão realizadas em 17 de setembro, e deixará o poder. “Quando o novo líder (do Kadima) for eleito, renunciarei como primeiro-ministro para permitir a formação de um novo governo rápida e efetivamente”, anunciou Olmert em um breve discurso, esforçando-se para conter as lágrimas. 

O Estado de S. Paulo: Olmert, sob pressão, decide renunciar

O governo dos Estados Unidos apostava alto num acordo na Organização Mundial do Comércio (OMC). O presidente George W. Bush insistiu com Susan Schwab, a chefe dos negociadores, para fazer todo o possível. Mas os EUA estavam preparados para o fiasco: criaram um Plano B, que será colocado em marcha assim que todos se refizerem do choque do fracasso. A expectativa é que isso aconteça em 2009, após a posse do novo presidente, em 20 de janeiro. O plano teria apoio bipartidário.

O Globo: Acordo bilateral é Plano B dos EUA

Desenvolvimento

O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, multou em R$ 10 milhões uma fazenda em Novo Progresso (PA). O dono não só desmatou ilegalmente 3 mil hectares de floresta como desafiou embargo decretado há um ano. Na área havia 4 mil cabeças de gado.

JB Online: Fazenda multada em R$ 10 milhões

Postado em RESUMOS DO DIA | Sem Comentários »