prozac 40mg popliteal celexa 20mg cardiac concurrent clonidine 0.1mg test recovery buy exelon Healthy stories buyneurontinonlinehere.com buying abilify online school lipitor online no rx deoxyribonucleic

Blog do Desemprego Zero

Arquivado em 'Haverá outro APAGÃO?':

Aneel aplica multa à Light de R$ 3,9 milhões

Postado em 3 dEurope/London dezembro dEurope/London 2009

Fonte: Folha de S. Paulo

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aplicou anteontem uma multa de R$ 3,9 milhões à concessionária Light, do Rio. O motivo foi o descumprimento de metas de qualidade referentes à duração e à frequência das interrupções no fornecimento de luz em 2008. A empresa tem dez dias para recorrer da decisão. Leia o resto do artigo »

Postado em Energia, Haverá outro APAGÃO? | Sem Comentários »

O Custo do Apagão de FHC dava para construir 6 hidrelétricas de Jirau

Postado em 12 dEurope/London agosto dEurope/London 2009

Fonte: Newsgroups.derkeiler

Auditoria do TCU (Tribunal de Contas da União) apurou o custo do apagão elétrico, produzido pelo governo tucano de FHC, para os brasileiros:

R$ 45,2 bilhões!

Esse foi o valor retirado diretamente do bolso dos brasileiros através do impacto nas tarifas e através do Tesouro Nacional.

O valor é suficiente para a construção de 6 usinas hidrelétricas do porte de Jirau, uma das maiores em construção.

Não foi incluído no cálculo as perdas indiretas como desacelaração do crescimento econômico (PIB), inibição de investimentos e de geração de empregos.

O apagão ocorreu em 2001 e continuou afetando diretamente a atividade econômica até 2002. O estado mínimo tucano saiu bem mais caro, do que se houvesse, na época, planejamento e investimento estatal.

Postado em Destaques da Semana, Haverá outro APAGÃO?, Política Brasileira | Sem Comentários »

Angra 2 registra maior nível de produção de energia desde 2001

Postado em 18 dEurope/London fevereiro dEurope/London 2009

Fonte: Gazeta Mercantil 

Por Roberta Scrivano

 A usina nuclear Angra 2, instalada em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, registrou em 2008 a segunda maior geração de energia elétrica da história, só perdendo para 2001, ano em que a central entrou em operação. Foram gerados no ano passado 10.488.289 megawatts-hora (MWh), enquanto em 2001 a geração atingiu 10.498.432 MWh.

A produção de energia de Angra 2 ficou bem próxima do volume recorde mesmo após ter ficado parada por 35 dias, para a reposição de combustível, uma operação considerada normal para este tipo de usina (em 2001, porém, não houve paralisação).

O montante de eletricidade produzido pela central nuclear no ano passado é suficiente para abastecer Brasília e Belo Horizonte durante um ano. “O desempenho de Angra 2 representa uma garantia de disponibilidade e confiabilidade no fornecimento de energia elétrica ao sistema interligado nacional (SIN)”, disse, por meio de comunicado, Antônio Carlos Mazzaro, superintendente de central Angra 2. “O aumento da produção deve-se à experiência operacional adquirida, à troca de experiência com a indústria mundial, às modificações de projeto realizadas ao longo dos anos, aos investimentos feitos em equipamentos e treinamento de pessoal e ao comprometimento de seu corpo técnico”, acrescentou. Leia o resto do artigo »

Postado em Energia, Haverá outro APAGÃO? | Sem Comentários »

Análise Crítica do artigo “A questão energética” de Fábio Giambiagi

Postado em 21 dEurope/London outubro dEurope/London 2008

Roberto Pereira d’Araujo

O artigo do economista Fábio Gambiagi sobre a questão energética é bastante primário. Como não é da área, comete os mesmos erros da imprensa quando, nas crises, o setor passa a ser notícia. Sob essa limitada visão, basta dar uma olhada no nível dos reservatórios, outra nas nuvens e se tem um diagnóstico sobre a situação. Na realidade, a questão é bem mais complexa, pois poderíamos ter situações preocupantes mesmo com reservatórios cheios. Basta que o operador veja atrasos de obras e/ou crescimento de mercado para que o sistema fique estressado.

 

Hoje, a situação é semelhante a que ocorria em 1998. O sinal significativo não é o nível dos reservatórios, mas sim o custo marginal médio, que independe da hidrologia do momento. Segundo o ONS, hoje esse custo é aproximadamente o dobro do custo marginal de expansão. Ou seja, o sistema pede novas usinas. Isso não quer dizer que vá ocorrer racionamento, mas quer dizer que não existe a quantidade de energia segura para todos, pois a chamada “carga crítica” é calculada de tal modo que o custo marginal de operação médio fique no entorno do de expansão. Se hoje é o dobro é porque a carga é maior do que a crítica. Simples!

 

Quanto a questão política, apesar do atual modelo ter corrigido as maiores barbeiragens, o modelo ainda é Leia o resto do artigo »

Postado em Desenvolvimento, Destaques da Semana, Haverá outro APAGÃO?, Roberto D'Araujo | 2 Comentários »

Hayek, Keynes e Baumol

Postado em 21 dEurope/London outubro dEurope/London 2008

Roberto d’Araújo 

Seja qual for seu desfecho, pelo menos a crise financeira parece ter recolocado em pauta a questão da intervenção do estado na economia. Afinal, parece ter ficado claro, pelo menos para alguns, que o “mercado”, quanto mais desregulado e livre, mais traiçoeiro. Com tanta desigualdade de oportunidades no mundo atual, a socialização do prejuízo chega a ser desumana. Ela vai atingir o Brasil, e o governo adotará, aos poucos, a mesma política de salvamento dos países desenvolvidos. A grande diferença é que, aqui temos diversas emergências muito mais graves do que ibovespas negativos. Apesar de soarem o alarme diariamente, são incapazes de despertar a mobilização de recursos públicos que agora se percebe. Insegurança pública, corrupção, desordem urbana, desemprego, cadeias e hospitais lotados, educação mais do que precária são apenas alguns sintomas da permanente política de omissão.

Mesmo sob esse cenário profundamente injusto, alguns ainda irão argumentar que não foi bem um defeito do mercado. No Brasil, esse fundamentalismo é tão forte que, a ação direta do estado, uma atividade que pode ser tão capitalista quanto se queira, é reiteradamente confundida com “socialismo”. Esse é um cacoete presente na nossa mídia e, infelizmente, domina algumas mentes de líderes empresariais. No que tange ao setor elétrico, fica quase impossível tratar de questões técnicas sem ser tachado de “ideológico”.

Aconteceu em 2006, mas ilustra bem essa distorção. Durante certo tempo fui colunista do portal Canal Energia[1], um espaço onde o setor elétrico discute seus problemas. Ali, o Instituto Acende Brasil[2] é um poderoso formador de opiniões. Afinal, representa pesos pesados, tais como AES, CPFL, Duke Energy, EDF, Endesa, Iberdrola, Suez/Tractebel, MPX, Grupo Rede entre outros. Leia o resto do artigo »

Postado em Desenvolvimento, Destaques da Semana, Haverá outro APAGÃO?, Política Econômica, Roberto D'Araujo | 8 Comentários »

NÃO PERCA: GESEL-UFRJ: seminário “Um pré-sal desprezado no setor elétrico”

Postado em 2 dEurope/London outubro dEurope/London 2008

Acontece no próximo dia 9 de outubro, quinta-feira, às 14hs, o seminário “Um pré-sal desprezado no setor elétrico”, ministrado por Roberto Pereira d’Araujo (clique para ler seus artigos) . No evento será feita uma análise crítica do modelo do setor elétrico que, apesar de ter corrigido muitas falhas do anterior, ainda apresenta muitas inconsistências. Segundo d’Araujo, “um exame do singular modo de produção da energia elétrica no sistema brasileiro torna evidente que a decisão de se adotar certificados de energia é subjetiva, instável e arriscada. A complexidade da adaptação para um mercado competitivo por energia acabou por ocultar rendas próprias do setor que não são publicamente apropriadas”. Com uma analogia à renda do pré-sal, o autor estranha o fato de que possíveis receitas similares sejam “desprezadas” no setor elétrico brasileiro. (GESEL-IE-UFRJ – 01.10.2008)

Postado em Desenvolvimento, Destaques da Semana, Haverá outro APAGÃO? | Sem Comentários »

Por que as tarifas de energia foram aos céus? Proposta para que o Setor de eletricidade volte a ser público. PARTE 2

Postado em 20 dEurope/London setembro dEurope/London 2008

View SlideShare presentation or Upload your own.

Clique aqui para ver a PARTE 1

Ou aqui

Postado em Desenvolvimento, Destaques da Semana, Gustavo Santos, Haverá outro APAGÃO? | Sem Comentários »

Por que as tarifas de energia foram aos céus? Proposta para que o Setor de eletricidade volte a ser público. PARTE 1

Postado em 18 dEurope/London setembro dEurope/London 2008

Por Um Sistema Publico Para O Sistema Eletrico Brasileiro

From: gustavoag.santos, 1 hour ago

View SlideShare presentation or Upload your own. (tags: eletricidade setor)

Clique aqui para ver a PARTE 2

CLIQUE AQUI PARA DAR DOWNLOAD NA APRESENTAÇÃO INTEIRA

Postado em A POLÍTICA AMBIENTAL externa está equivocada?, Desenvolvimento, Destaques da Semana, Haverá outro APAGÃO? | Sem Comentários »