prozac 40mg popliteal celexa 20mg cardiac concurrent clonidine 0.1mg test recovery buy exelon Healthy stories buyneurontinonlinehere.com buying abilify online school lipitor online no rx deoxyribonucleic

Blog do Desemprego Zero

Arquivado em 'Cinema':

Modelo de negócio mais tecnologia inovadora é igual a resultado

Postado em 27 dEurope/London fevereiro dEurope/London 2010

A geração de vantagens competitivas advém cada vez mais, além da tecnologia, de negócios inovadores, novas combinações de cliente-alvo, oferta e modelo de operação.

Por Maximiliano Carlomagno, sócio-fundador da Innoscience e autor do livro Gestão da Inovação na Prática:

Ouso de novas tecnologias tem sido uma das alternativas para o desenvolvimento de vantagens competitivas e sustentação de desempenho superior em tempos de hipercompetição. Nesse cenário, a noção de inovação como algo relacionado a produto e tecnologia permeou a visão de empresários e executivos por muitos anos. Clique aqui para ler mais.

Postado em Cinema, Desenvolvimento, O que deu na Imprensa, Poesia | Sem Comentários »

Documentário rompe com silêncio sobre os anos de chumbo:sessão gratuita, dia 24, no Sindipetro-RJ

Postado em 23 dEurope/London julho dEurope/London 2008

Publicado no Agência Petroleira de Notícias

“A Grande Partida: Anos de Chumbo”, documentário que reúne depoimentos de sobreviventes da ditadura militar, será exibido, em sessão especial, gratuita, no auditório do Sindicato dos Petroleiros (Sindipetro-RJ), na próxima quinta, 24/7, às 18h30.  O sindicato fica na Avenida Passos, 34, no Centro do Rio.

O privilégio de ceder as instalações para uma das primeiras sessões do filme recém lançado pelo diretor Peter Cordenonsi se justifica. O filme é baseado no livro do mesmo nome, de autoria do ex-preso político, atualmente diretor do Sindipetro-RJ, Francisco Soriano. Comovente, mais do que uma reflexão sobre os anos de chumbo, fica a lição de força e coragem daqueles que sobreviveram aos porões da ditadura. Como Cecília Coimbra, do Grupo Tortura Nunca Mais:

“Quando a gente quebra o silêncio, a gente quebra o esquecimento. A gente afirma de valeu à pena” – ensina Cecília. Para Soriano, filme e livro representam “uma renovação da esperança e um chamamento à luta pela emancipação do povo e da nossa Nação”. Leia o resto do artigo »

Postado em Assuntos, Cinema, CULTURA | Sem Comentários »

“Veneno e Antídoto”

Postado em 3 dEurope/London junho dEurope/London 2008

Nesta quarta-feira, 04 de junho, será exibido o documentário “Veneno e Antídoto”, de Estevão Ciavatta. O filme aborda a violência na Colômbia, ações governamentais e o envolvimento da sociedade.

O evento acontecerá na Universidade do Estado do Rio de Janeiro terá início às 18h. Tem realização do centro de Estudos Octávio Ianni e será no auditório, 91, Pavilhão Reitor João Lira Filho, 9º andar, bloco F.

Postado em Assuntos, Cinema, CULTURA | Sem Comentários »

Cinema e debate no Odeon quarta-feira

Postado em 11 dEurope/London maio dEurope/London 2008

O documentário retrata a forma como são julgados menores infratores, nos possibilitando diversos olhares da atual realidade social. Além do cenário específico dos julgamentos ainda é exposto o meio de convívio dos adolescentes ampliando o espaço de diálogo do filme. Para quem assistiu ao “Justiça” da mesma diretora, terá a oportunidade de ver novamente a maneira como justiça brasileira atua (com conservadorismo latente), porém agora através de um outro público. Aproveitando a discussão que o filme proporciona o NIAC – Núcleo Interdisciplinar de Ações para a Cidadania – o (a) convida para a primeira edição do Cine NIAC, com a exibição do filme “Juízo”.

O evento será no próximo dia 14, às 10h, com debate com a diretora do filme Maria Augusta Ramos, no Cine Odeon Petrobras, com entrada a R$ 5,00. Vale a pena conferir!

Por Beatriz Diniz

Postado em Cinema | Sem Comentários »

Pré-estréia do documentário “Condor”

Postado em 28 dEurope/London abril dEurope/London 2008

*Por Elizabeth Cardoso

Nesta terça-feira, 29 de abril, às 21 horas, no Odeon Br, na Cinelândia, acontece a pré-estréia do filme “Condor”, dirigido por Roberto Mader. O filme chega ao circuito carioca como detentor de importantes prêmios: vencedor do Prêmio Especial do Júri de Gramado e Melhor documentário do Festival do Rio 2007.

O filme trata sobre a Operação Condor, que foi uma aliança político-militar entre os vários regimes militares da América do Sul – Brasil, Argentina, Chile, Bolívia, Paraguai e Uruguai – criada, na década de 1970, com o objetivo de coordenar a repressão a opositores dessas ditaduras instalados nos seis países do Cone Sul.

A estréia de “Condor” no circuito geral está marcada para 1º de maio.

Trailer, depoimentos, fotos e mais informações sobre o filme podem ser acessadas no site http://www.condor-ofilme.com.br.


Postado em Cinema | 1 Comentário »

Os horizontes de Celso Furtado

Postado em 7 dEurope/London abril dEurope/London 2008

Publicado em: Valor Econômico (conteúdo restrito a assinantes)

Por Genilson Cezar 

Celso Furtado em 2000: ponto central do documentário, que estréia nesta sexta, é uma entrevista de quatro horas, a última filmada, que o economista concedeu em 2004, cinco meses antes de morrer. O filme mescla cenas documentais de importantes fases da vida política econômica brasileira, desde Getúlio Vargas, passando pelos governos JK, Jânio e Jango, com depoimentos dos mais expressivos economistas do país, como Francisco de Oliveira, José Israel Vargas, João Manuel Cardoso de Melo, Maria da Conceição Tavares, Osvaldo Sunkel e Ricardo Bielschowsky, que também participou como consultor do filme.

O economista Celso Furtado, paraibano de Pombal, nascido em 26 de julho de 1920, viveu intensamente. Esteve nas fileiras da Força Expedicionária Brasileira (FEB), na Europa, durante a Segunda Guerra Mundial. Ajudou a reconstruir uma estrada de ferro numa região da antiga Iugoslávia (hoje Bósnia), no pós-guerra. Integrou o primeiro núcleo de economistas da Comissão Econômica para a América Latina (Cepal), criada em 1949, em Santiago, no Chile. Escreveu em 1954 uma obra clássica, “Formação Econômica do Brasil”, na qual combina teoria macroeconômica e história. Criou e dirigiu a Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), no governo de Juscelino Kubitschek, em 1959. Foi ministro do Planejamento no governo Jango Goulart, ministro da Cultura no governo Sarney e deu aula na Sorbonne, em Paris, França, durante 20 anos. Celso Furtado morreu no seu apartamento, em Copacabana, no Rio, em 20 de novembro de 2004.

Mas seu pensamento sobre a realidade brasileira continua atual, conforme depoimento do economista Antônio Barros de Castro no documentário “O Longo Amanhecer”, dirigido por José Mariani, que estréia no Rio e em São Paulo nesta sexta.

“Celso Furtado é atual, não pelo que ele escreveu sobre a atualidade. É o conjunto do pensamento dele que coloca vigorosamente a necessidade de um projeto social para o Brasil. Ainda que se possa discutir que cara vai ter esse projeto, nós temos de ter um projeto de desenvolvimento nacional. Nosso crescimento está bloqueado por uma descomunal dívida externa, que tem de ser renegociada, e por uma dívida interna insuportável, que também mobiliza o Estado e o transforma num guichê pagador de juros. Desde quando Celso Furtado formulou seu pensamento econômico para cá, as coisas pioraram muito no país. Hoje, dois terços dos trabalhadores brasileiros ganham um salário ridículo, não há geração de empregos, o sistema de saúde funciona mal, a educação pior ainda”, avalia Castro. Leia o resto do artigo »

Postado em Cinema, O que deu na Imprensa | Sem Comentários »

Domingo é dia de Cinema – E de um bom debate também!

Postado em 4 dEurope/London abril dEurope/London 2008

Dia 06 de Abril às 9h da manhã de 2008 – ODEON BR

FILME: A CULPA É DO FIDEL

DEBATE: 1959, 1968, 1973, 1989, 2008
- A CULPA É DO FIDEL?
DEBATEDOR: Carlos Walter Porto Gonçalves*

 

*Professor de Geografia da Universidade F ederal Fluminense. Ganhador do Prêmio Casa de las Américas 2008 de Literatura Brasileira.

Clique aqui para ver o material de Apoio para o debate

 

O filme é excelente! Se refere a um momento histórico que sempre é lembrado e discutido atualmente, porém com uma peculiaridade: todas as mudanças são retratadas sobre o olhar de uma criança, que tem sua vida mudada por conta da “novidade” que está surgindo. Vale a pena conferir!E custa apenas 2 reais!

Postado em Cinema | 1 Comentário »

Olhar clarividente

Postado em 3 dEurope/London abril dEurope/London 2008

Por  Márcia Pinheiro

Em carta capital on line

Ao se enfrentar com o mundo real, esse economista sente-se, para surpresa sua, extremamente frustrado. A desorientação será bem maior ainda, entretanto, se o economista for convocado para trabalhar no setor público. Neste caso, perceberá em pouco tempo que, se tudo o que aprendeu não é totalmente inútil, quase tudo que é realmente útil ele deixou de aprender.

 Há documentários cujo mérito é ser não-cinema, ou quase cinema, diante da grandiosidade dos fatos ou dos personagens retratados. É o caso de O Longo Amanhecer, dirigido por José Mariani, sobre a vida de Celso Furtado, com estréia marcada para a sexta-feira 4 de abril. O economista é o entrevistado principal do filme, iniciado quatro meses antes de morrer, aos 84 anos, em 2004. Entremeados, estão depoimentos de discípulos, como Maria da Conceição Tavares, João Manuel Cardoso de Melo, Antonio Barros de Castro e Francisco de Oliveira. Leia o resto do artigo »

Postado em Cinema, Conjuntura, CULTURA, Desenvolvimento | Sem Comentários »