” Desenvolvimento Econômico e Crise. Ensaios em comemoração aos 80 anos de Maria da Conceição Tavares”

1 Flares Twitter 0 Facebook 1 Filament.io 1 Flares ×

Com organização de Luiz Carlos Delorme Prado e edição de Rosa Freire d’Aguiar o livro inclui ensaios de Luiz Gonzaga de Mello Belluzzo e Júlio Gomes de Almeida, Luiz Carlos Bresser-Pereira, Carlos Aguiar de Medeiros, Ernani Teixeira Torres Filho, Wilson Cano, e depoimentos de Aloízio Mercadante e Gerson Gomes, Fernando Nogueira da Costa, Hildete Pereira de Melo, além de documentos pouco conhecidos da professora Maria da Conceição Tavares: duas transcrições de debates de 1973 e 1977 no BNDES, com Saburo Okita e Hans Singer respectivamente, e ainda um artigo originalmente publicado em “Cadernos de Opinião” de agosto-setembro de 1979: “O sistema financeiro brasileiro e o ciclo de expansão recente”.

 

Celso Furtado dedicou as seguintes palavras à Conceição : “Maria da Conceição Tavares reúne uma poderosa mente analítica, nutrida em sua formação matemática, a uma profunda sensibilidade social. A primeira geração de economistas brasileiros possuía formação jurídica ou de engenharia civil. Viam a sociedade como um quadro institucional cristalizado ou como um conjunto de mecanismos. Maria da Conceição pertence à geração seguinte, primeira formada nas recém-criadas escolas de economia de nível universitário. Sua formação matemática não a levou para um cientificismo positivista, isso graças a uma forte dose de historiacismo que lhe veio de leitura precoce de Marx. Esse rico equipamento intelectual foi posto a serviço de um forte senso de solidariedade social. Sua vida tem sido um combate sem quartel para injetar racionalidade e sentido ético na política deste país que se notabiliza pelas desigualdades sociais.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>